Amém, louvor, glória, sabedoria, ação de graças, honra, poder e força ao nosso Deus pelos séculos dos séculos! Amém

 

Apocalipse 7, 12

Contate-nos

© 2020 Apostoli Christ. 

DICAS IMPORTANTES

«Que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição, se adornando com boas obras, como convém a mulheres que declaram adorar a Deus.»

Algumas dicas importantes para que se cumpra o requisito mínimo de modéstia:

– Tanto o corte como o tecido devem ser apropriados para que a roupa não fique nem muito justa ao corpo nem transparente. A malha, apesar de ser o tecido mais comum para blusas e saias femininas não é indicado. Ela marca o corpo com facilidade.

– Sobre o comprimento da saia, uma

maneira fácil de saber se ela está no

limite da modéstia é sentar com a saia

ou vestido e observar: se o joelho

aparecer está curto. Mesmo sentada

a saia precisa ir abaixo do joelho,

o que na prática vai requerer que a

saia ou vestido, para ser modesto,

esteja uns 20cm abaixo do joelho.

– A roupa íntima jamais deve aparecer. Por isso a anágua (ou outra saia de tecido leve) e a camiseta regata servem como peças usadas entre a roupa íntima (calcinha e sutiã) e a veste propriamente dita. Porém, nem a anágua nem a regata devem aparecer tampouco, pois se isso acontece a veste se torna imodesta. A regata ajuda a tampar a marca do sutiã, dando um aspecto elegante ao uniformizar a roupa íntima. 

– A camiseta e camisa “baby-look” devem ser trocadas por blusas femininas e modestas, pois passam a mensagem da “moda unissex” além de serem inadequadas e imodestas, trazem, por vezes, imagens e frases que fazem do nosso corpo verdadeiros “outdoors” de marcas de roupa ou idéias que estas querem transmitir.

Quando se precisar tirar a jaqueta ou blusa de frio, a blusa de baixo deve ser também modesta.

– Blusas com decotes (especialmente o decote “V”) e saias com fendas jamais são modestas. A famosa “saia jeans”, usada muitas vezes pelas mulheres protestantes, não tem nada de modesta, marca o corpo e muitas vezes com fenda bem perto das nádegas.

– Roupa de cor bege, que se assemelham a cor da pele da mulher, deve ser evitada por parecer que a pessoa está sem roupa.

A calça deve ser eliminada do guarda-roupa feminino.

– A veste deve ser feminina em seu aspecto, sem parecer um “saco de batata”. Se o vestido for modesto, o cinto ajuda a modelar o corpo sem que fique, no entanto, imodesto.

Artigos Recomendados

Pesquise no Site:

 Entre os gritos

"Tudo está perdido"

e "Tudo está salvo" 

haverá quase nenhum intervalo.

Abade Souffrant  

Contate-nos

Redes Sociais

  • Facebook
  • YouTube

"Com este Sinal Vencerás!"