© 2019 Apostoli Christ. 

O SITE QUE 
NÃO QUEREM
QUE VOCÊ VEJA

COM INFORMAÇÕES CRUCIAIS

SOBRE COMO SALVAR A SUA ALMA

CATÓLICO | TRADICIONAL | SEDEVACANTISTA

INICIANTES ERROS COMUNS

A mulher moderna, em busca da praticidade,

não sabe mais se vestir com roupas de mulheres. 

A aparente praticidade da calça, que combina com quase tudo, fez com que a mulheres relaxassem e desaprendessem a se vestirem como verdadeiras mulheres.

 

Logo quando você muda o guarda-roupa, procura saias e vestidos modestos. Mas parece que tudo "cai mal". Nada combina, nada fica bom. E muitas desistem nesse ponto. Outras insistem mas acabam caindo em erros comuns ao se usar saias. Mas com boa vontade, sua mentalidade vai mudando e você vai aprendendo a se vestir bem. É preciso ter boa vontade para cumprir o que Deus nos pede, e Ele, com Sua bondade e misericórdia, nos fortalecerá e sustentará nos nossos bons propósitos.

Segue-se algumas dicas simples para que você não caia em erros:

1. Cuidado com saias de tecido fino demais 

 

Saias de tecido muito fino, e sem forro não dão caimento nenhum. Ela geralmente fica "escorrida", reta, e tem tendência a marcar a roupa íntima. Isso não é modesto, nem elegante, nem bonito. Quando usar um vestido de tecido fino, procure colocar um forro por baixo. Isso dará mais caimento, e mais volume para a peça e certamente ficará muito mais bela. É preciso tomar cuidado pois acha-se muito para comprar nas lojas saias longas assim, sem forro, e as vezes o forro é bem curto, acima dos joelhos, então é preciso trocar por um forro mais comprido. Estas saias se forem usadas com blusas muito folgadas não passa um bom aspecto. 
  
Existe outro problema com  saias sem forro e de tecido fino. Quando se senta a saia "gruda" praticamente no corpo, e as pernas inteiras ficam praticamente contornadas, como se fosse uma calça mesmo! Isso não é modesto e também fica feio.  
 

 Como usar:

 

  Se a saia longa não tiver forro, adicione um forro embaixo, escolha modelos evasê que tem maior quantidade de tecido, assim evita que marque a silhueta, que fique escorrido demais ou que marque a roupa íntima; 

2. Cuidado com o comprimento das saias 

 

Esse é um erro comum da maioria quando começa na modéstia, como não encontram roupas nas lojas que se adequem aos padrões marianos, compram o que encontram (vestidos ou saias com o comprimento um pouco acima do estabelecido pela Igreja) alguns centímetros fazem toda diferença, pois ao se movimentar, se sentar, abaixar, eles revelam partes que deveriam continuar cobertas e o vento pode levantar o tecido, acarretando vários problemas. Muitas pessoas na primeira vez que vão usar saias, caem nesse erro.

 
Como usar:

 

Escolha saias e vestidos de tecidos mais consistentes: sarja, spandex, oxford por exemplo, e o forro mais uma vez deve ser lembrado! Uma saia godê ou evasê abaixo dos joelhos (um palmo) com tecido mais grosso como sarja + forro certamente não marcará a roupa nem o corpo e é impossível o vento levantar. 

3. A cintura pode ser marcada

Naturalmente a mulher tem o quadril mais largo e a cintura fina. Isso dá feminilidade desde que não seja indevidamente explorado com apelos sensuais. Marcar a cintura não é indecente. Isso enaltece a feminilidade da mulher. Tanto é que no ano 1920 mais ou menos iniciou-se a masculinização da mulher. Ali muitas começaram a imitar os homens, e a moda da época eram vestidos folgados na cintura. Como os abaixo:

Citamos o fato acima para mostrar que marcar a cintura

é um ponto que denota feminilidade à mulher! Se você olhar a foto ao lado verá a diferença. 

Esta é uma boa dica. Você pode usar cintos, ou faixas, fitas, etc. Isso dará feminilidade a sua roupa e a deixará mais harmoniosa. 

4. Use forro: sempre!


Ele é tão importante que você ao usá-lo notará a diferença, não somente para deixar a saia modesta, mas também muitos outros motivos: 
 
Evita transparências; evita marcar a roupa de baixo dando volume à saia, e assim a mulher fica mais feminina, delicada e a roupa não fica "escorrida" no corpo; não permite que o tecido grude no corpo quando se senta; faz a saia ter um pouco de "peso" para o vento não levantar, etc. 
 
O forro é indispensável, é ele um ponto importante para a modéstia. Logo ao mudar o guarda roupas acham que o forro não é necessário afinal "ninguém mais usa anáguas, só minha avó". É o que a maioria pensa! No entanto, sua avó sabia muito bem a função da anágua! Você também entenderá porque a famosa anágua (ou forro) é tão importante! 

5. Use adereços femininos

Eles fazem as mulheres se diferenciarem das protestantes. Além de deixar a mulher mais elegante. Antigamente as mulheres sabiam muito bem como ser femininas, usavam chapéus, luvas, fitas, cintos. Tais coisas foram completamente esquecidas quando começaram a usar calças. Roupas de homens dispensam adereços que ressaltam a feminilidade da mulher. É o que vemos na imagem abaixo, por exemplo: 

Cuidado com o decote que deve ser sempre no máximo 2 dedos abaixo do pescoço. Você vai perceber que é difícil encontrar para comprar todas roupas que atendam os requisitos da modéstia, algumas será melhor mandar uma costureira fazer nos padrões adequados.

ARTIGOS RECOMENDADOS:

MODÉSTIA_CORRIGIDA.png