© 2019 Apostoli Christ. 

O SITE QUE 
NÃO QUEREM
QUE VOCÊ VEJA

COM INFORMAÇÕES CRUCIAIS

SOBRE COMO SALVAR A SUA ALMA

CATÓLICO | TRADICIONAL | SEDEVACANTISTA

IMODÉSTIA

E SEUS MALEFÍCIOS

NO CORPO

E NA ALMA

AS MULHERES ESTÃO INCONSCIENTES 

DO MAL DAS MODAS IMODESTAS? 
 

Muitas recusam crer que seus adornos semi-nus sejam a fonte de inúmeras e perigosas tentações para o sexo oposto. Algumas negam qualquer responsabilidade ao levar outros ao pecado por esta via. Outras tentam cobrir sua culpa por meio de insinuações indecentes como: “Ele deve ter uma mente suja”. 
 

COMO SE EXPLICA TAIS ATITUDES? 
 

Algumas mulheres certamente conhecem mais. Ainda assim, muitas outras atualmente desconhecem o fato de que o instinto sexual é mais forte nos homens do que nas mulheres. “Um pouco de enfeite em um homem não me afeta em nada”, dizem algumas mulheres, e geralmente com sinceridade. A questão implicada é: “Por que os homens são tentados por um escasso enfeite de uma mulher?” Outra observação impertinente, “Não é mais que pele”, não leva em conta que é precisamente a pele que desperta a concupiscência no homem
 


NÃO HÁ NENHUMA RAZÃO SÓLIDA PARA DEIXAR AS MULHERES

EM TAL IGNORÂNCIA NUMA MATÉRIA TÃO SÉRIA 
 

Alguns homens são afligidos com pensamentos e desejos impuros pelo simples fato de olharem um belo rosto feminino, ainda que uma mulher tenha um comportamento e vestidos modestos. Mas quando o comportamento é imodesto, ela se torna uma tentadora para muitos homens normais, que caem diante de tais seduções: 


“Todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração” (S. Mateus V, 28).

 

As mulheres que são indiretamente imodestas estão incluídas nesta sentença, sendo cooperadoras com os pecados dos homens. 
 

ISTO NÃO PROVA QUE TAIS HOMENS “TÊM UMA MENTE SUJA”? 
 

De modo algum. Deus fez com que a mulher fosse bela e atraente ao homem porque assim era conveniente ao Seu projeto de procriação dos homens dentro de um matrimônio legítimo. Como consequência do pecado original, o homem deve constantemente lutar para dominar esta atração. Se não o faz, e se não se fortifica por meio da oração, o pecado rapidamente entra em sua alma e o adultério no seu coração. 


Esta é a razão pela qual os autores ascéticos previnem os homens contra admirar intencionalmente o rosto de uma mulher. O mundo consideraria Santo Afonso um louco por ter feito o voto de jamais olhar na face de uma mulher. Mas Santo Afonso o fez, pois estava determinado a passar por esta vida sem contrair um só pecado mortal:

 

A vida do homem sobre a Terra é um combate” (Jó VII, 1). 


O mundo, incluindo os católicos mundanos, ignora as regras sólidas do ascetismo, que sempre foram apresentadas no Antigo Testamento, como:

 

Não detenhas o olhar sobre uma jovem, para que a sua beleza não venha a causar tua ruína” (Eclo IX, 5).

 

Muitos pereceram por causa da beleza feminina, e por causa dela inflama-se o fogo do desejo” (Eclo IX, 9). 
 

A MULHER É, ENTÃO, CONSIDERADA COMO ALGO MAU

E QUE DEVE SER EVITADO? 


NÃO! Mas esta questão está inteiramente relacionada com o assunto. Seu grau de bondade depende de quão fielmente ela desempenha a função que Deus lhe deu, como auxiliar do homem e não como sua tentadora. Pela sua modéstia ela pode usar seu encanto para domar as paixões do homem; pela imodéstia sua beleza se torna a ruína do homem. ISTO TORNA AS MULHERES AS GUARDIÃS DA CASTIDADE NO MUNDO. 

Eis porque Deus deu à mulher um senso muito mais delicado de modéstia do que ao homem. Não somente para proteger sua própria integridade, mas também para proteger o homem contra a fúria de suas paixões. Quando a mulher é modesta, o homem será o único culpado se ele cair nas tentações da carne. Mas quando ela decide expor partes do corpo que deveriam estar cobertas se torna uma sedutora, partilhando assim a culpa do homem. De fato, os Teólogos ensinam que o pecado da sedutora é muito maior que o da pessoa seduzida

 


POR QUE ESTE SENSO DE MODÉSTIA ESTÁ

AUSENTE EM TANTAS MULHERES? 
 

Elas o perderam. Isso ocorre frequentemente na infância, quando as mães fazem com que suas crianças considerem normal o uso de vestes curtas


Este senso de culpa ou de vergonha é perceptível, mas em menor grau, no que diz respeito aos outros pecados. Quando uma criança diz sua primeira mentira, ela cora. Após sua centésima mentira, não acontece nada. Assim também, quando uma menina aparece em público pela primeira vez com vestes imodestas, ela experimenta o sentimento de vergonha; o senso de modéstia ainda está presente. Após aparições repetidas este senso de vergonha rapidamente vai embora. Mas Deus plantou este senso de modéstia no coração de cada mulher. 


Esta perda feminina do senso de modéstia é indicada por Pio XII, que diz:

 

“Quantas jovens há que não vêem nenhuma má ação ao seguirem certos estilos vergonhosos, como se fossem ovelhas. Elas certamente corariam se pudessem adivinhar à impressão que causam e os sentimentos que produzem naqueles que as vêem (17 de julho de 1954).”

OS PAIS PARTILHAM A CULPA POR ESTE ESTADO

TÃO TRISTE DAS COISAS? 
 

Sim, e muito. Basta uma moça se vestir modestamente para que suas inconsequentes mães venham desencorajá-las, e até mesmo impedi-las. Leve em consideração as SÉRIAS ADMOESTAÇÕES do Papa Pio XII:

 

Ó mães cristãs (e pais), se soubésseis o futuro de aflição e de perigo, de vergonha mal-contida, que vós preparais para os vossos filhos e filhas ao os acostumarem de modo imprudente a viverem parcamente vestidos e fazendo-os perder o senso de modéstia, teríeis vergonha de vós mesmos e do mal dado àqueles pequenos que o Céu confiou aos vossos cuidados para serem instruídos na dignidade e na cultura Cristãs”. 


Este aviso deveria fazer com que os pais considerassem mesmo as modas infantis: roupas que com dificuldade cobrem as fraudas e que têm somente alças e não mangas, vestidinhos para meninas que deixam a frauda completamente exposta e peças que não cobrem absolutamente nada das pernas. 


É de impressionar que essas crianças, com o passar do tempo, seguindo os caminhos vergonhosos, tenham perdido o senso de modéstia? A partir das modas infantis semi-nuas, o vagalhão da imodéstia engoliu todas as faixas etárias de ambos os sexos até o mais alto grau de nudez

 

A Bíblia nos fala:

 

Ensina uma criança no caminho que ela deve seguir”.


Considere também a culpabilidade dos pais que, não querendo serem taxados de antiquados, fogem da autoridade que Deus lhes conferiu e permitem que suas filhas e filhos vistam roupas imodestas ou transexuais, dizendo: “É apenas um capricho de adolescentes. Todo mundo usa! Não tem qualquer perigo!”. 


O feminismo fez incursões trágicas ao minar a legítima autoridade do pai em casa, desvirtuando seu instinto natural de proteger e salvaguardar a modéstia e a pureza das mulheres da casa. Tal característica, dada a ele por Deus, é ridicularizada como patriarcal e chauvinista. Assim, auxilia-se Satan a expor as mulheres e moças às luxúrias e paixões dos apetites mundanos da moda, sem que tenham alguém que possa defender a honra delas! Muitos pais zelosos foram reduzidos ao silêncio por esposas e filhas moldadas pela moda, quando se opuseram às suas vestes imodestas. Infelizmente, a busca que têm pela “paz doméstica” não é caridade, mas covardia! Equivale a um abandono de seus deveres de serem protetores da inocência e da virtude, como Cristo o é

EXISTEM OUTRAS VIAS DE CORRUPÇÃO PELAS QUAIS NOSSAS CRIANÇAS PERDEM SEU SENSO DE MODÉSTIA? 


SIM! Uma das formas de corrupção mais sutis e insidiosas à qual nossas crianças estão expostas são as bonecas anatomicamente corretas. As bonecas da moda são especialmente ofensivas. O surgimento do plástico revolucionou a habilidade dos fabricantes de criar bonecas muito semelhantes à vida real. Infelizmente, a modéstia foi a última das coisas a ser considerada. Sem refletir, muitos pais tolos fizeram filas para assegurar que suas filhas tivessem as bonecas mais novas e “melhores”. As muito populares bonecas da moda foram, entretanto, um instrumento excepcionalmente eficaz pelo qual o demônio deu às meninas imagens de mulheres nuas para brincarem, sem mencionar a curiosidade que isso fez surgir nos garotos, semeando as sementes da concupiscência em seus corações. Quando as crianças brincam, elas imitam a vida, preparando-se para a fase adulta. O primeiro impulso de uma criança é despir uma boneca. Quando é que os pais dariam a suas crianças um livro com figuras de mulheres nuas para olharem? E ainda os pais não têm nenhuma náusea de dar às suas crianças uma pequena mulher de plástico nua para tocar, olhar e trabalhar a fantasia! 


Para chegar ao cúmulo, as roupas imodestas que essas bonecas vestem encorajam nossas filhas a vesti-las. As vestes glamourosas se tornam um padrão de beleza para nossas inocentes crianças desde uma idade impressionante. A honestidade deve considerar o tipo de afirmação que essas bonecas fazem às nossas crianças. A boneca é sempre “legal”, “no último estilo” e diz: Você não quer ser assim também?”. Mas que esquema oportunamente diabólico! Deste modo, nossa cegueira ou displicência em buscar uma diversão a elas se torna uma fonte de duplo escândalo!

 


HÁ ALGUM MODO DE CORRIGIR ESTA SITUAÇÃO? 


Sim! Não compre bonecas feitas com um corpo anatomicamente correto! Há muitas bonecas aceitáveis e disponíveis com um corpo feito de pano e cabeça, pés e mãos feitos de plástico. 

 


O QUE FAZER SE SUA CRIANÇA JÁ POSSUI ESSE TIPO

OFENSIVO DE BONECAS? 

 
Use esta oportunidade para dar à sua criança uma lição de modéstia. Faça-a ajudá-la a colar permanentemente ou a costurar na boneca, roupas modestas. Modifique ou remova peças imodestas do guarda-roupa desta boneca. LEMBRE-SE: você estará exercendo sua autoridade paternal, dada por Deus, ao fazer isto. Deus lhe dará as graças necessárias para permanecer forte e agir com tato ao implementar e sustentar sua posição! 

Referências:

  • Extraído do livro "Marylike Modesty Handbook of the Purity Crusade of Mary Immaculate" 

ARTIGOS IMPORTANTES:

MODÉSTIA_CORRIGIDA.png