© 2019 Apostoli Christ. 

O SITE QUE 
NÃO QUEREM
QUE VOCÊ VEJA

COM INFORMAÇÕES CRUCIAIS

SOBRE COMO SALVAR A SUA ALMA

CATÓLICO | TRADICIONAL | SEDEVACANTISTA

 

 Divino Jesus, que o meu coração esvazie-se do seu próprio espírito, para que Vós possais viver em mim, acendendo em minha alma a brasa ardente do Vosso Amor.

Santo Agostinho

TERCEIRA

SEMANA

Atos de amor a Deus, de ação de graças pelas bênçãos recebidas de Jesus; atos de contrição e propósito. Durante este período nos aplicaremos em estudar Jesus Cristo.

 

O que é preciso estudar sobre Jesus Cristo?

Primeiro: O Homem-Deus, Sua graça e glória. Depois, Seus direitos de domínio soberano sobre nós, já que, tendo renunciado a Satanás e ao mundo, tomaremos a Jesus Cristo como nosso Senhor.

Segundo: Sua vida interior; as virtudes e os atos de Seu Sagrado Coração; Sua associação com Maria nos Mistérios da Anunciação e Encarnação; durante Sua Infância e Vida Oculta; na festa das Bodas de Caná e no Calvário... 

São Luís nos diz:

 Empregarão a terceira semana em conhecer Jesus Cristo. Poderão ler e meditar o que a este respeito dissemos, e ler a ORAÇÃO DE SANTO AGOSTINHO.

 Poderão dizer e repetir, com o mesmo santo, mil e mil vezes ao dia:  “Senhor, que eu Vos conheça!”  Ou então: “Senhor, fazei que eu veja quem sois Vós!” 
 

  Rezarão, como nas semanas precedentes, a Ladainha do Espírito Santo e o “Ave Maris Stella”, e acrescentarão todos os dias a Ladainha do Santíssimo Nome de Jesus

"No fim dessas três semanas confessar-se-ão e comungarão com a intenção de se darem a Jesus Cristo na qualidade de escravos de amor, pelas mãos de Maria. E depois da comunhão, que se esforçarão por fazer segundo o método abaixo indicado, dirão a fórmula da consagração, que também acharão mais adiante. Deverão escrevê-la ou mandá-la escrever, se não estiver impressa, e assiná-la no mesmo dia em que a fizerem. Será bom que nesse dia paguem algum tributo a Jesus Cristo e a Sua Santíssima Mãe, quer como penitência da sua passada infidelidade às promessas do Batismo, quer para protestar a sua dependência do domínio de Jesus e Maria. Esse tributo será segundo a devoção e a capacidade de cada um. Poderá ser um jejum, uma mortificação, uma esmola, uma vela. Ainda mesmo que não dessem mais que a homenagem de um alfinete, mas de todo o coração, isso bastaria, pois Jesus só olha a boa vontade.  Uma vez por ano, pelo menos, renovarão a mesma consagração, no mesmo dia em que a fizeram, observando as mesmas práticas durante três semanas. E poderão até mesmo renovar tudo o que fizeram todos os meses, e mesmo todos os dias, com estas breves palavras: “Eu sou todo Vosso e tudo o que tenho Vos pertence,  ó meu amável Jesus, por Maria, Vossa Santa Mãe!” 

IMPORTANTE: Considerando que estamos a viver a Grande Apostasia predita para o fim do mundo, é provável que não haja qualquer opção para se receber a Comunhão. É indicada a Comunhão Espiritual, utilizada por muitos santos da Igreja Católica que também passaram, dentre outras coisas, por situações semelhantes a que estamos vivendo. 

Faça um bom exame

com o firme propósito

de não mais pecar.

Saiba como encontrar um sacerdote validamente ordenado para a confissão.

Saiba como comungar seguindo o método

indicado por São Luís.

Consagração a Jesus Cristo, a Sabedoria Encarnada, pelas Mãos de Maria.

Orações Diárias

Para Terceira Semana

Ave Maris Stella, Ladainha do Espírito Santo e a Ladainha do Santíssimo Nome de Jesus

AVE, MARIS STELLA


Ave, do mar Estrela,
bendita Mãe de Deus,
fecunda e sempre Virgem,
portal feliz dos Céus.


Ouvindo aquele Ave
do Anjo Gabriel,
mudando de Eva o nome,
trazei-nos paz do Céu.


Ao cego iluminai,
ao réu livrai também;
de todo mal guardai-nos
e dai-nos todo o bem.


Mostrai ser nossa Mãe,
levando a nossa voz
a Quem, por nós nascido,
dignou-se vir de Vós.


Suave mais que todas,
ó Virgem sem igual,
fazei-nos mansos, puros,
guardai-nos contra o mal.

Oh! dai-nos vida pura,
guiai-nos para a luz,
e um dia, ao Vosso lado,
possamos ver Jesus.


Louvor a Deus, o Pai,
e ao Filho, Sumo Bem,
com Seu Divino Espírito
agora e sempre. Amém.

LADAINHA DO ESPÍRITO SANTO

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Divino Espírito Santo, ouvi-nos.

Espírito Paráclito, atendei-nos.

Deus Pai dos Céus, tende piedade de nós.

Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Espírito da Verdade, tende piedade de nós.

Espírito da Sabedoria, tende piedade de nós.

Espírito da inteligência, tende piedade de nós.

Espírito da fortaleza, tende piedade de nós.

Espírito da piedade, tende piedade de nós.

Espírito do bom conselho, tende piedade de nós.  

Espírito da ciência, tende piedade de nós.

Espírito do santo temor, tende piedade de nós.

Espírito da Caridade, tende piedade de nós.

Espírito da alegria, tende piedade de nós.

Espírito da paz, tende piedade de nós.

Espírito das virtudes, tende piedade de nós.

Espírito de toda a graça, tende piedade de nós.

Espírito da adoção dos filhos de Deus, tende piedade de nós.

Purificador das nossas almas, tende piedade de nós.

Santificador e guia da Igreja Católica, tende piedade de nós.

Distribuidor dos dons celestes, tende piedade de nós.

Conhecedor dos pensamentos e das intenções do coração, tende piedade de nós.

Doçura dos que começam a Vos servir, tende piedade de nós.

Coroa dos perfeitos, tende piedade de nós.

Alegria dos Anjos, tende piedade de nós.

Luz dos Patriarcas, tende piedade de nós.

Inspiração dos Profetas, tende piedade de nós.

Palavra e sabedoria dos Apóstolos, tende piedade de nós.

Vitória dos Mártires, tende piedade de nós.

Ciência dos Confessores, tende piedade de nós.

Pureza das Virgens, tende piedade de nós.

Unção de todos os Santos, tende piedade de nós.

 

Sede-nos propício, perdoai-nos Senhor.

Sede-nos propício, atendei-nos Senhor.

 

De todo o pecado, livrai-nos Senhor.

De todas as tentações e ciladas do demônio, livrai-nos Senhor.

De toda a presunção e desesperação, livrai-nos Senhor.

Do ataque à Verdade conhecida, livrai-nos Senhor.

Da inveja da graça fraterna, livrai-nos Senhor.

De toda a obstinação e impenitência, livrai-nos Senhor.

De toda a negligência e torpor do espírito, livrai-nos Senhor.

De toda a impureza da mente e do corpo, livrai-nos Senhor.

De todas as heresias e erros, livrai-nos Senhor.

De todo o mau espírito,  livrai-nos Senhor. 

Da morte má e eterna, livrai-nos Senhor.

Pela Vossa eterna procedência do Pai e do Filho, livrai-nos Senhor.

Pela milagrosa conceição do Filho de Deus, livrai-nos Senhor.

Pela Vossa descida sobre Jesus Cristo batizado, livrai-nos Senhor.

 Pela Vossa santa aparição na Transfiguração do Senhor, livrai-nos Senhor.

Pela Vossa vinda sobre os discípulos do Senhor, livrai-nos Senhor.

No Dia do Juízo, livrai-nos Senhor.

 

Ainda que pecadores, nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que nos perdoeis, nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que vos digneis vivificar e santificar todos os membros da Igreja,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis conceder-nos o dom da verdadeira piedade, devoção e oração,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis inspirar-nos sinceros afetos de misericórdia e de caridade,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis criar em nós um espírito novo e um coração puro,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis conceder-nos verdadeira paz e tranquilidade do coração,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis fazer-nos dignos e fortes, para suportar as perseguições pela justiça,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis confirmar-nos em Vossa graça,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis receber-nos no número dos Vossos eleitos,

nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Para que Vos digneis ouvir-nos, nós Vos rogamos, ouvi-nos.

Espírito de Deus, nós Vos rogamos, ouvi-nos.

 

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, enviai-nos o Espírito Santo.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, mandai-nos o Espírito prometido do Pai.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos o Espírito Bom.

 

Espírito Santo, ouvi-nos.

Espírito Consolador, atendei-nos.

V. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.

R. E renovareis a face da Terra. 
 
Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos Vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da Sua consolação. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém. 

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

 

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai celeste que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós. 

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós. 
 
Jesus, Filho de Deus Vivo, 
tende piedade de nós.

Jesus, esplendor do Pai, tende piedade de nós.

Jesus, pureza da Luz Eterna, tende piedade de nós.

Jesus, Rei da glória, tende piedade de nós.

Jesus, Sol da justiça, tende piedade de nós.

Jesus, Filho da Virgem Maria, tende piedade de nós.

Jesus amável, Jesus admirável, tende piedade de nós.

Jesus, Deus forte, tende piedade de nós.

Jesus, Pai do futuro do século, tende piedade de nós.

Jesus, Anjo do grande conselho, tende piedade de nós.

Jesus poderosíssimo, tende piedade de nós.

Jesus pacientíssimo, tende piedade de nós.

Jesus obedientíssimo, tende piedade de nós.

Jesus, brando e humilde de Coração, tende piedade de nós.

Jesus, amante da castidade, tende piedade de nós.

Jesus, amador nosso, tende piedade de nós.

Jesus, Deus da paz, tende piedade de nós.

Jesus, autor da vida, tende piedade de nós.

Jesus, exemplar das virtudes, tende piedade de nós.

Jesus, zelador das almas, tende piedade de nós.

Jesus, nosso Deus, tende piedade de nós.

Jesus, nosso refúgio, tende piedade de nós.

Jesus, Pai dos pobres, tende piedade de nós.

Jesus, tesouro dos fiéis, tende piedade de nós.

Jesus, Bom Pastor, tende piedade de nós.

Jesus, Luz verdadeira, tende piedade de nós.

Jesus, Sabedoria Eterna, tende piedade de nós.

Jesus, bondade infinita, tende piedade de nós.

Jesus, nosso caminho e nossa vida, tende piedade de nós.

Jesus, alegria dos Anjos, tende piedade de nós.

Jesus, Rei dos Patriarcas, tende piedade de nós.

Jesus, Mestre dos Apóstolos, tende piedade de nós.

Jesus, Doutor dos Evangelistas, tende piedade de nós.

Jesus, fortaleza dos Mártires, tende piedade de nós.

Jesus, luz dos Confessores, tende piedade de nós.

Jesus, pureza das Virgens, tende piedade de nós.

Jesus, coroa de todos os Santos, tende piedade de nós. 

 

Sede-nos propício; perdoai-nos, Jesus.

Sede-nos propício; ouvi-nos, Jesus.  

 

De todo o mal, livrai-nos, Jesus.

De todo o pecado, livrai-nos, Jesus.

De Vossa ira, livrai-nos, Jesus.

Das ciladas do demônio, livrai-nos, Jesus.

Do espírito da impureza, livrai-nos, Jesus.

De morte eterna, livrai-nos, Jesus.

Do desprezo das Vossas inspirações, livrai-nos, Jesus.

Pelo Mistério da Vossa santa Encarnação, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Natividade, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Infância, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Santíssima Vida, livrai-nos, Jesus.

Pelos Vossos trabalhos, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Agonia e Paixão, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Cruz e desamparo, livrai-nos, Jesus.

Pelas Vossas angústias, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Morte e sepultura, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Ressurreição, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Ascensão, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa instituição da Santíssima Eucaristia, livrai-nos, Jesus.

Pelas Vossas alegrias, livrai-nos, Jesus.

Pela Vossa Glória, livrai-nos, Jesus.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Jesus.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Jesus.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós, Jesus.  

 

Jesus, ouvi-nos.

Jesus, atendei-nos. 

Ladainha do Santíssimo Nome de Jesus

Oremos: Senhor Jesus Cristo, que dissestes: Pedi e recebereis; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á, nós Vos suplicamos que concedais a nós que Vô-lo pedimos, os sentimentos afetivos de Vosso divino amor, a fim de que nós Vos amemos de todo o coração e que esse amor transcenda por nossas ações, sem que deixemos de Vos amar. Permiti que tenhamos sempre, Senhor, um igual temor e amor pelo Vosso Santo Nome; pois não deixais de governar aqueles que estabeleceis na firmeza do Vosso amor. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém. 

Oração à Jesus

 (de Santo Agostinho


“Ó meu Jesus, Vós sois o Cristo, meu Pai Santo, meu Deus misericordioso, meu Rei infinitamente grande. Vós sois o meu Bom Pastor, meu único Mestre, meu Auxílio todo bondade, meu Bem-amado de arrebatadora beleza, meu Pão da Vida, meu Sacerdote Eterno. Vós sois o meu Guia para a Pátria, minha Luz verdadeira, minha doçura toda santa, meu Caminho direto. Vós sois a minha Sabedoria sublime, minha simplicidade pura, minha pacífica concórdia. Vós sois toda a minha defesa, minha preciosa herança, minha eterna Salvação. Ó Jesus Cristo, Mestre adorável, porque é que eu amei ou desejei em toda a minha vida outra coisa fora de Vós, Jesus, meu Deus?! Onde estava eu quando não pensava em Vós?! Que o meu coração, ao menos a partir deste momento, só arda em desejos de Vós, Senhor Jesus; que só para Vos amar ele se dilate. Desejos da minha alma, correi doravante: já basta de delongas! Apressai-vos a atingir o fim porque aspirais, buscai em verdade Aquele que procurais! Ó Jesus, seja anátema quem não Vos amar! Seja repleto de amargura! Ó doce Jesus, sede o amor, as delícias e o objeto da admiração de todo coração dignamente consagrado à Vossa glória. Deus do meu coração e minha herança, divino Jesus, que o meu coração esvazie-se do seu próprio espírito, para que Vós possais viver em mim, acendendo em minha alma a brasa ardente do Vosso Amor, que seja o princípio de um incêndio todo divino. Arda incessantemente sobre o altar do meu coração, inflame o mais íntimo do meu ser, e abrase as profundezas da minha alma. Que no dia da minha morte eu compareça diante de Vós todo consumido no Vosso Amor! Amém. Assim seja.” 

Meditações Diárias

Para a Terceira Semana

25º DIA 

(fazer primeiro as orações)

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, 61

Jesus Cristo, nosso Salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem, deve ser o fim último de todas as devoções, de outro modo seriam falsas e enganadoras. Jesus é o alfa e o ômega, o princípio e o fim de todas as coisas. Nós não trabalhamos - como diz o Apóstolo - senão para tornar cada homem perfeito em Jesus Cristo. Porque só n'Ele habita toda a plenitude da Divindade, e todas as outras plenitudes de graça, virtude e perfeição, e só n'Ele fomos abençoados com toda a bênção espiritual.

 

Ele é o nosso único Mestre que nos deve ensinar, o único Senhor de quem devemos depender, o único Chefe a quem nos devemos unir, o único Modelo ao qual nos devemos assemelhar, o único Médico que nos há de curar, o único Pastor que nos deve alimentar, o Caminho único que nos deve conduzir, a única Verdade em que devemos crer, a única Vida que nos deve animar, o único Tudo, que nos deve bastar em todas as coisas. Não nos foi dado, debaixo do Céu, outro Nome pelo qual devamos ser salvos, senão o Nome de Jesus.

 

Deus não constituiu outro fundamento da nossa salvação, perfeição e glória senão Jesus Cristo. Todo edifício que não estiver erguido sobre esta Pedra firme está construído sobre areia movediça e, mais cedo ou mais tarde, acabará, infalivelmente, por cair. Todo fiel que não estiver unido a Jesus, como o sarmento à cepa da vinha, cairá, secará, e só servirá para ser lançado ao fogo. Fora de Jesus Cristo tudo é extravio, mentira, iniquidade, inutilidade, morte e condenação. Mas, se estamos em Jesus Cristo e Jesus Cristo em nós, não há condenação a temer. Porque assim nem os Anjos do Céu, nem os homens da Terra, nem os demônios do Inferno, nem qualquer outra criatura nos pode prejudicar, pois não nos poderá separar da caridade de Deus, que está em Jesus Cristo (Rm 8, 39). Por Jesus Cristo, com Jesus Cristo, em Jesus Cristo podemos tudo: dar toda honra e glória ao Pai, na unidade do Espírito Santo, tornar-nos perfeitos e ser, para o nosso próximo, um bom odor de vida eterna.

Se, pois, nós estabelecermos a sólida Devoção da Santíssima Virgem, não será senão para mais perfeitamente estabelecer a de Jesus Cristo, e para dar às almas um meio fácil e seguro de encontrar Jesus Cristo. Se a Devoção à Santíssima Virgem afastasse de Jesus Cristo, deveríamos repeli-la como uma ilusão do demônio. Mas muito pelo contrário, como já o fiz ver e voltarei a mostrar mais adiante, esta Devoção é-nos indispensável para encontrar perfeitamente Jesus Cristo, para o amar ternamente e servir com fidelidade.

26º DIA 

(fazer primeiro as orações)

Por Santo Atanásio – Credo Atanasiano

“É necessário para a salvação eterna crer fielmente também na Encarnação de Nosso Senhor Jesus Cristo. Porque a Fé imaculada é que creiamos e confessemos que Nosso Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, é Deus e homem. É Deus, gerado na substância do Pai desde toda a eternidade; é homem porque nasceu, no tempo, da substância da Sua Mãe. Deus perfeito e homem perfeito, com alma racional e carne humana. (...) Que sofreu por nossa salvação, desceu aos infernos e ao terceiro dia ressuscitou dos mortos. Ascendeu aos Céus e está sentado à mão direita de Deus Pai Todo-Poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. E quando vier, todos os homens ressuscitarão com os seus corpos, para prestar conta dos seus próprios atos. E os que tiverem praticado o bem irão para a vida eterna, e os maus para o fogo eterno.” 

João 3, 16-21

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que n’Ele crê não pereça, mas tenha a Vida Eterna. Porque Deus enviou o Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele. Quem crê n’Ele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no Nome do Unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a Luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a Luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a Luz, e não vem para a Luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a Verdade vem para a Luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus."

27º DIA 

(fazer primeiro as orações)

Imitação de Cristo, Livro I, capítulo

Da imitação de Cristo e do desapego das vaidades do mundo

 

"Quem Me segue não anda em trevas" (Jo 8,12). São palavras de Cristo, com as quais nos admoesta que imitemos Sua vida e costumes, se quisermos verdadeiramente ser esclarecidos e livres de toda a cegueira de coração. Seja, pois, nosso principal desempenho meditar a vida de Jesus Cristo. A Sua doutrina excede a de todos os santos; e quem possuir o seu espírito, nela achará o maná escondido. Acontece, porém, que muitos, ainda que amiúde ouçam o Evangelho, sentem nele pouco gosto e tiram pouco proveito, porque não têm o Espírito de Cristo.

 

Quem quiser compreender com satisfação e proveito as palavras de Jesus Cristo, deve conformar sua vida com a d'Ele. Que te aproveita discorrer com sabedoria sobre a Trindade, se não és humilde, e por isso Lhe desagradas? A verdade é que não são palavras sábias que fazem o homem santo ou justo, mas sim é a vida virtuosa que o faz agradável a Deus. É preferível sentir a compunção do que saber defini-la. Ainda que soubesses de cor toda a Bíblia e os ditos de todos os filósofos, que te aproveitaria tudo isto sem o amor e a graça de Deus? Vaidade das vaidades, tudo é vaidade, exceto amar a Deus e só a Ele servir (Ecl.1,2). A suma sabedoria é, pelo desprezo do mundo, caminhar para o Reino dos Céus. 

28º DIA 

(fazer primeiro as orações)

Imitação de Cristo, Livro II, Cap XII, 1-2

A muitos parecem duras estas palavras do Salvador: "Renuncia a ti mesmo, toma a tua cruz e segue-Me" (Lc 9,23). Porém, muito mais duras parecerão aquelas que Ele pronunciará no Dia do Juízo: "Apartai-vos de Mim, malditos, ide para o fogo eterno! (Mt 25,41). Os que agora ouvem e seguem de boa vontade a palavra da Cruz, não temerão então a sentença da eterna condenação. "Este sinal da Cruz aparecerá no céu quando o Senhor vier a julgar" (Mt 24,30). Então todos os servos da Cruz, que se conformaram na vida com Cristo crucificado, se achegarão a Cristo Juiz com grande confiança.

 

Por que temes, pois, tomar a cruz, pela qual se vai ao Céu? Na cruz estão a salvação e a vida, na cruz a proteção contra nossos inimigos. Da cruz manam as suavidades celestiais; na cruz estão a fortaleza da alma, a alegria do coração, o compêndio da virtude, a perfeição da santidade. Não há salvação da alma, nem esperança da vida eterna, senão na cruz.

 

Toma, pois, a tua cruz, segue a Jesus e chegarás à Vida Eterna. Este Senhor foi adiante, levando às costas a Sua Cruz; e nela morreu por ti, para que tu leves também a tua, e nela desejes morrer. "Porque se morreres com Ele, também com Ele viverás" (Rm 6,8); e se fores Seu companheiro nos trabalhos, o serás também na Glória. 
 

29º DIA 

(fazer primeiro as orações)

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

Os que tomarem esta santa escravidão terão uma devoção especial pelo Mistério da Encarnação do Verbo, a 25 de março, que é o Mistério adequado a esta devoção, pois que esta devoção foi inspirada pelo Espírito Santo: 1° para honrar e imitar a dependência em que Deus Filho quis estar de Maria, para glória de Deus Seu Pai e para nossa salvação; dependência que transparece particularmente neste Mistério em que Jesus Cristo se torna cativo e escravo no seio de Maria Santíssima, aí dependendo d'Ela em tudo; 2° para agradecer a Deus as graças incomparáveis que concedeu a Maria, principalmente por tê-La escolhido para Sua Mãe Digníssima, escolha feita neste Mistério. São estes os dois fins principais da escravização a Jesus Cristo em Maria.

 

Os que adotarem esta escravidão terão muita devoção em rezar a Ave-Maria, ou Saudação Angélica. Poucos cristãos, embora esclarecidos, conhecem o valor, o mérito, a excelência e a necessidade desta oração. Foi preciso que a Santíssima Virgem aparecesse repetidas vezes a grandes santos muito esclarecidos, como São Domingos, São João Capistrano, o bem-aventurado Alano da Rocha, para lhes mostrar o mérito desta oração. Compuseram grossos volumes sobre as maravilhas da sua eficácia na conversão das almas. Publicaram altamente e pregaram publicamente que, tendo a salvação do mundo começando pela Ave-Maria, a salvação de cada alma em particular está ligada a esta oração.

Foi esta oração que fez dar à Terra seca e estéril o Fruto da Vida, e é esta mesma oração que, rezada com devoção, deve fazer germinar nas nossas almas a Palavra de Deus, e fazer brotar o fruto de vida, que é Jesus Cristo.

30º DIA 

(fazer primeiro as orações)

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

 

Eis aqui algumas práticas interiores assaz santificantes para aqueles chamados pelo Espírito Santo a mais alta perfeição. Consiste, em quatro palavras, em fazer todas as suas ações por Maria, com Maria, em Maria e para Maria, a fim de fazê-las mais perfeitamente por Jesus, com Jesus, em Jesus e para Jesus.

 

É preciso fazer todas as ações por Maria, quer dizer, em todas as coisas obedecer à Santíssima Virgem, e em tudo conduzir-se por Seu espírito, que é o Santo Espírito de Deus. São filhos de Deus os que se conduzem pelo espírito de Deus (Rm 8, 14). E os que pautam sua conduta pelo espírito de Maria são filhos de Maria e, por conseguinte, filhos de Deus, como já demonstramos; entre tantos devotos da Santíssima Virgem, só os que se conduzem por Seu espírito é que são devotos verdadeiros e fiéis. Disse que o espírito de Maria é o Espírito de Deus, porque Ela jamais se conduziu por Seu próprio espírito, e sempre pelo Espírito de Deus, e este de tal modo a dominou que acabou tornando-se Seu próprio espírito. Quão feliz é uma alma quando, a exemplo do bom irmão jesuíta Rodríguez, falecido em odor de santidade, é toda possuída e governada pelo espírito de Maria, que é um espírito suave e forte, zeloso e prudente, humilde e corajoso, puro e fecundo!

 

É mister fazer todas as ações com Maria, isto é, em todas as ações olhar Maria como um modelo acabado de todas as virtudes e perfeições, que o Espírito Santo formou numa pura criatura, e imitá-lo na medida de nossa capacidade. Cumpre, portanto, que, em cada ação, consideremos como Maria a fez ou faria se estivesse em nosso lugar. Devemos, por isso, examinar e meditar as grandes virtudes que Ela praticou durante a vida, especialmente 1º Sua fé viva, pela qual creu fiel e constantemente até ao pé da Cruz, sobre o Calvário; 2º Sua humildade profunda que a levou a esconder-Se, a calar-Se, a submeter-Se a tudo e a colocar-Se em último lugar.  3º A Sua Pureza toda divina, que não teve nem jamais terá igual sob o Céu. Enfim, todas as Suas demais virtudes.

 

É preciso pretender apenas, como recompensa destes pequenos serviços, a honra de pertencer a tão amável Princesa, a felicidade de sermos por Ela unidos a Jesus, Seu Filho, com um laço indissolúvel, no tempo e na eternidade.