• Apostoli Christ

Por que Não Podemos Rezar os Mistérios Luminosos?

Atualizado: Abr 17




O Santo Rosário veio do Céu, pelas mãos da Santa Mãe de Deus, como uma obra direta da Santíssima Trindade. Composto por 150 Ave-Marias contemplando os Mistérios de Alegria, de Dor e de Glória, de Jesus e Maria.


São Luís Maria de Montfort em seu livro “O Segredo do Rosário” explica a origem divina do Rosário:


"Foi somente no ano de 1214, que a Santa Madre Igreja recebeu o Rosário na sua forma presente e de acordo com o método que usamos hoje. Ele foi dado a Igreja por São Domingos que o recebeu da Bem-Aventurada Virgem como um meio poderoso de converter os albigenses e outros pecadores".

São Luís cita essa história relatada em detalhe pelo bem-aventurado Alano de la Roche:


“Vendo São Domingos que a gravidade dos pecados dos homens estava obstruindo a conversão dos albigenses, adentrou-se numa floresta perto de Tolosa onde orou incessantemente por três dias e três noites. Durante este tempo, ele não fez nada a não ser chorar e fazer duras penitências a fim de apaziguar a ira do Poderoso Deus. Ele se utilizou de disciplina tão drástica que seu corpo estava dilacerado e finalmente caiu em coma.”

Nesta hora Nossa Senhora apareceu-lhe, acompanhada de três Anjos, e lhe disse:


“Querido Domingos, você sabe de que arma a Santíssima Trindade quer usar para mudar o mundo?”

São Domingos respondeu:

“Oh, minha Senhora, Vós sabeis bem melhor do que eu pois, depois de Vosso Filho Jesus Cristo, Vós tendes sido sempre o principal instrumento de nossa salvação.”

Nossa Senhora respondeu-lhe:


“Quero que saibas que, a principal peça de combate tem sido sempre o Saltério Angélico que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para DEUS, com a oração do Meu Saltério.”

Analisando o trecho acima, percebemos que nossa Senhora fala "Saltério". O quê Ela quis dizer com isso? O Saltério nada mais é que a alusão aos 150 salmos da Bíblia! A Bíblia tem 150 salmos, e o Rosário dado por Ela tem 150 Ave Marias, por isso, a mando da própria Virgem Maria Mãe de Deus, por séculos a Igreja chamou o Rosário de SALTÉRIO ANGÉLICO.


Justamente por isso o número 150 é extremamente importante. Porque o Rosário não é apenas a repetição de Ave Marias, mas existe um simbolismo atrás de tão grande devoção, e este simbolismo foi querido e foi feito pela própria Virgem Maria. Perguntemos: Por que mudar algo que foi feito por Ela? Acaso a Mãe de Jesus poderia ter Se enganado, ou feito algo "incompleto"? Jamais!


Os mistérios luminosos destroem a tradição Católica e destroem o significado e o simbolismo do Rosário.


Se colocarmos um mistério a mais, teremos não 150, e sim 200 Ave Marias. Logo, não existe mais Saltério! E o Rosário já não faz alusão aos Salmos da Bíblia como indicou a própria Virgem Maria acima. Veja que foi vontade da Virgem que o Rosário tivesse 150 Ave Marias, porque, segundo Ela "é a pedra fundamental do Novo Testamento."


“Quero que saibas que, a principal peça de combate tem sido sempre o Saltério Angélico que é a pedra fundamental do Novo Testamento".

Ademais, os três Mistérios (Gozosos, Dolorosos e Gloriosos) exatamente nesta ordem foram feitos por Ela! Segue o trecho onde a própria Mãe de Deus enumera os três:


"Rezar estas cento e cinquenta Saudações Angélicas, lhe disse, é uma oração muito útil, uma homenagem que Me é muito agradável. E ainda melhor farão aqueles que recitarem essas saudações com a meditação da Vida, da Paixão e da Glória de Jesus Cristo, pois essa meditação é a alma de tais orações."

Assim diz S. Luis Maria de Montfort, um dos maiores Santos Marianos da Santa Igreja:


"Desde quando São Domingos estabeleceu a devoção do Santo Rosário até ao tempo em que o Bem-aventurado Alano de la Roche o restabeleceu em 1460, ele foi chamado de O Saltério de Jesus e Maria. Isto é devido ao fato dele possuir o mesmo número de Saudações Angelicais (Ave Marias) como os 150 Salmos de Davi.


Já que pessoas simples de educação formal não conseguem rezar os Salmos de Davi, o Rosário é considerado tão proveitoso a elas como o Saltério de Davi é para outros. Contudo o Rosário pode ser considerado até mais valioso que os Salmos por três razões;


- Primeiramente, porque o Saltério Angélico possui um fruto mais nobre, a saber, o Verbo Encarnado, a quem o Saltério Davídico somente o profetiza;

- Em segundo lugar, assim como a realidade é mais importante do que a prefiguração, e o corpo é mais importante que uma sombra, da mesma forma o Saltério de Nossa Senhora é mais grandioso que o Saltério de Davi que nada mais fez que prefigurá-lo;

- E em terceiro lugar, por ser o Saltério de Nossa Senhora (ou o Rosário composto de PAI Nossos e Ave Marias) é uma obra direta da SANTÍSSIMA TRINDADE e não foi feito através de um instrumento humano.


O Saltério de Nossa Senhora ou o Rosário é dividido em três partes de cinco dezenas cada, por três razões especiais:


- Honrar as três Pessoas da SANTÍSSIMA TRINDADE;

- Honrar a Vida, Morte e Glória de Jesus Cristo e de Maria

– Imitar a Igreja Triunfante, ajudar os membros da Igreja Militante e diminuir as dores da Igreja Padecente (as almas do Purgatório).


Imitar os três grupos nos quais os Salmos são divididos:

a) O primeiro sendo para a vida purgativa;

b) O segundo para a vida iluminativa

c) O terceiro para a vida unitiva

E, finalmente, nos dá graças em abundância durante nossa vida, paz na morte, e glória na eternidade".


Portanto, devemos rezar o Rosário como Nossa Senhora o entregou a São Domingos, ou seja, já perfeito, como tudo o que vem de Deus.


SENDO OBRA DE DEUS, NÃO PODEMOS SUBTRAIR NEM ACRESCENTAR-LHE NADA.


Se rezamos o Rosário incluindo nele o "mistério luminoso", estaremos alterando sua forma divina, o seu significado, a sua eficácia, e com isso, perdendo os frutos de salvação desta Santa Oração.

0 visualização

Amém, louvor, glória, sabedoria, ação de graças, honra, poder e força ao nosso Deus pelos séculos dos séculos! Amém

 

Apocalipse 7, 12

Contate-nos

© 2020 Apostoli Christ.